Argireline: saiba mais sobre esta nova substância


Há inúmeras coisas que nos faz ter rugas e linhas de expressão como os movimentos repetitivos nas faces (apesar de seres movimentos naturais, uma vez que demonstramos afeto, sorrisos, alegria, etc.). Apesar de naturais estas expressões na face de forma repetitiva é o motivo pelo qual eles se tornam hipertrofiados e mais torneados. Isso acontece em grande parte e com maior visibilidade ao redor dos lábios, na região da testa, e ao redor da testa. Este músculo hipertrofiado é responsável pelo surgimento de sulcos permanentes na pele, é o conhecemos como pés de galinha nos rosto e bigode chinês entre a região da bochecha com a região dos lábios. Antes de seguir com o periódico cabe uma nota: Quando dizemos que os movimentos no rosto são a causa dos pés de galinha, não estamos sugerindo em momento algum que você evite sorrir, muito pelo contrário, fique de bem com a vida. Esclarecemos apenas os surgimentos dos sulcos permanentes na pele.

Sobre a neurotoxina botulínica

Muitos conhecem a toxina botulínica, o famoso BOTOX, mas poucos sabem de onde ela vem. A substância do BOTOX (no Brasil pode ser chamada também de Prosigne, Dysport ou Xeomin) é produzida através da mesma bactéria responsável pelo botulismo, popularmente falando, é aquela bactéria que se gera no palmito, por exemplo, quando ele não é processado de acordo com as normas sanitárias vigentes.
Sua função é que uma vez aplicada no músculo, a toxina atua de forma a evitar a contração do músculo, favorecer o relaxamento e assim reduzir as rugas. Apesar do sucesso desde a sua criação, pelo fato de ser um componente neurotóxico (relativamente uma toxina dosada), é obrigatório que o seu uso seja controlado (o recomendado é que aplicações sejam feitas entre 3 a 4 meses).
Devido a esta toxicidade, pesquisadores trabalharam em uma solução de substituição a toxina botulínica (veja o estudo aqui). Os estudos levaram ao Argireline. Este componente é um hexapeptídeo que tem os mesmo princípios ativo do BOTOX convencional a de inibir a contração muscular.

Cosméticos que possuem Argireline em sua composição

Creme Instantly Ageless – Empresa Jeunesse Brasil (Resenha do produto)
Phyto Mature Skin – Empresa Phytobella (Resenha do produto)

Testes clínicos

Em testes clínicos foi constatado que a eficácia do Argireline é menor que ao BOTOX convencional, sendo indicado atenuar rugas mais leves e superficiais. Suas vantagens estão no fato da aplicação ser menos invasiva (é de uso tópico), age instantaneamente na região aplicada, devido a toxicidade ser extremamente baixa, os efeitos colaterais tendem a serem nulos ou inexistentes.

Conclusões sobre o Argireline

Este periódico teve por objetivo mostrar mais detalhes sobre a substância Argireline em substituição a neurotoxina botulínica no combate a formação de sulcos devido a contração muscular. Os testes com o Argireline foram satisfatórios visto que apesar da menor eficácia, seu custo e sua baixa neurotoxicidade favorece a utilização.

 

Fonte: Prof. Dra. Maria Eduarda (Dermatologista e especialista em estética facial)